terça-feira, 8 de maio de 2012

A INDUSTRIALIZAÇÃO NO BRASIL

A Industrialização no Brasil A industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil. Apenas uma pequena indústria para consumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia. Eram, principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785, D. Maria I assinou um alvará,[1] extinguindo todas as manufaturas têxteis da colônia, exceto a dos panos grossos para uso dos escravos e trabalhadores. As inovações tecnológicas oferecidas, principalmente a partir do século XVIII, proporcionaram maior velocidade ao processo de transformações da matéria-prima. Novas máquinas automatizadas, geralmente movidas pela tecnologia do motor a vapor, foram responsáveis por esse tipo de melhoria. No entanto, além de acelerar processos e reduzir custos, as máquinas também transformaram as relações de trabalho no meio fabril. Os trabalhadores passaram por um processo de especialização de sua mão-de-obra, assim só tinham responsabilidade e domínio sob uma única parte do processo industrial. Dessa maneira, o trabalhador não tinha mais ciência do valor da riqueza por ele produzida. Ele passou a receber um salário pelo qual era pago para exercer uma determinada função que, nem sempre, correspondia ao valor daquilo que ele era capaz de produzir. Esse tipo de mudança também só foi possível porque a própria formação de uma classe burguesa – munida de um grande acúmulo de capitais – começou a controlar os meios de produção da economia. O outro foi marcado pela Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, que operou uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais. Getúlio Vargas adotou uma política industrializante, a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional. Essa mão-de-obra era formada no Rio de Janeiro e São Paulo em função do êxodo rural (decadência cafeeira) e movimentos migratórios de nordestinos. Vargas investiu forte na criação da infra-estrutura industrial: indústria de base e energia.

63 comentários:

  1. eu gostei porque fala sob a funçao do exodo rural(decadencia cafeeira) e tambem e base de energia .[aluna= barbara maria r. pereira)(serie=7ano 01)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Atividade industrial não era muito significativa no Brasil até o século XIX.Foi somente no seculo XX especialmente durante a década de 1930,que ela assumiu uma importancia crecente na economica nacional.

    Bruno 7°ano1

    ResponderExcluir
  4. Abtes de oBrasil industriazar o pricipal produto de nossa enconomica era o café ou``ouro verde´´.A cafeicutura erriqueceu os barões do café empresario e barqueros propossionol condições favoraveis a industrialização.

    Hian Carlos 7°ano1

    ResponderExcluir
  5. QUENIDI EU APRENDI QUE AS INDUSTRIAS SERVEM PARA QUE AS COISAS SEJAM TRATADAS POR EXENPLO AS FRUTAS E TIRADAS DE UMA FAZENDA E ANTES DE IR PARA OS MERCADOS ELAS PASSAM POR TRATAMENTOS DENTRO DAS INDUSTRIAS PARA QUE SEJAM TRATADAS ANTES DE IR PARA O MERCADO IGOR JULIANO 7202

    ResponderExcluir
  6. A Industrialização no Brasil A industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil. Apenas uma pequena indústria para consumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia. Eram, principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785,

    ResponderExcluir
  7. A indústrializaçaõ era uma pequena indústria para comsumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia.Eram,principalmente,de fiação,calçados e vasilhames.Por isso adquirindo a possibilidade da indepêndencia política.Assim,em 5 de JANEIRO de1785.

    Muito legal esse texto!!!!!!!! :D

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. prof;Quenedi
    eu entendi que a industria brasileira nasceu principalmente do capital proveniente do ciclo do café.a industrialização era uma pequena industrialização para consumo interno que era permitida devido ás distançias entre a metrópole e a colonia...eu amei esse texto pq assim agente aprende mais sobre o exodo rural..
    mt explicativo esse texto amei!!!!

    LUANA SANNY 8ano 82.03

    ResponderExcluir
  10. amei o texto prof assim deu para mim entende um pouco mais sobre a industrializaçao do brasil,deu pra entende sobre o cafe e o ouro verde,e gst mais ainda pq fala sobre a base das energias!!!
    esse texto e mt bom..bem detalhadao e bem explicativo.

    tainara gomes 8ano 82.03

    ResponderExcluir
  11. E professor eu gostei muitos por causa que na divisão do brasil tem muitos e outro periodos




    SAUL 8ºANO 82......03

    ResponderExcluir
  12. HA eu gostei por causa Que Esse tipo de mudança também só foi possível porque a própria formação de uma classe burguesa – munida de um grande acúmulo de capitais – começou a controlar os meios de produção da economia!!!!!!!!!!!!!!


    weberson 8ºANO 82.....03

    ResponderExcluir
  13. A industrialização no brasil pode ser dividida em 4 periodos principais: o primeiro periodo de 1500 a 1808, chamado de "proibição" o segundo periodo , de 1808 a 1930 chamado de "implantação" ,o terceiro periodo de 1930 a 1956, conhecido como fase da revolução industrial brasileira, e o quarto periodo, apos 1956, chamado de fase da internacionalização daa economia brasileira.

    Arthur S.Souza 8 ano 03

    ResponderExcluir
  14. A Industrialização no Brasil A industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira.

    Thyerlles 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  15. Os trabalhadores passaram por um processo de especialização de sua mão-de-obra, assim só tinham responsabilidade e domínio sob uma única parte do processo industrial. Dessa maneira, o trabalhador não tinha mais ciência do valor da riqueza por ele produzida. Ele passou a receber um salário pelo qual era pago para exercer uma determinada função que, nem sempre, correspondia ao valor daquilo que ele era capaz de produzir.

    Vilton 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  16. eu entendi que a Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, operou em uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais. Getúlio Vargas adotou uma política industrializante, a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional. Essa mão-de-obra era formada no Rio de Janeiro e São Paulo em função do êxodo rural (decadência cafeeira) e movimentos migratórios de nordestinos. Vargas investiu forte na criação da infra-estrutura industrial: indústria de base e energia.

    Murilo 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  17. eu entendi que na Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785, D. Maria I assinou um alvará, extinguindo todas as manufaturas têxteis da colônia, exceto a dos panos grossos para uso dos escravos e trabalhadores.

    Alessandro 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  18. Ola professor gostei muito do texto porque ele e muito importante para tecnologia de hoje !!!!!

    Hyan Zanella 8 ANO 82.......03

    ResponderExcluir
  19. A Industrialização no Brasil A industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil. Apenas uma pequena indústria para consumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia. Eram, principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785,

    ResponderExcluir
  20. A indústrializaçaõ era uma pequena indústria para comsumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia.Eram,principalmente,de u entendi que a industria brasileira nasceu principalmente do capital proveniente do ciclo do café.a industrialização era uma pequena industrialização para consumo internofiação,calçados e vasilhames
    ass:matheus de almeida godinho 7202

    ResponderExcluir
  21. eu entendi que Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785, D. Maria I assinou um alvará, extinguindo todas as manufaturas têxteis da colônia, exceto a dos panos grossos para uso dos escravos e trabalhadores. As inovações tecnológicas oferecidas, principalmente a partir do século XVIII, proporcionaram maior velocidade ao processo de transformações da matéria-prima.

    Gercilio 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  22. eu entendi que em Portugal já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. Assim, em 5 de janeiro de 1785, D. Maria I assinou um alvará, extinguindo todas as manufaturas têxteis da colônia, exceto a dos panos grossos para uso dos escravos e trabalhadores.

    Geovanna 8°ano ´´03``

    ResponderExcluir
  23. eu entendi que As inovações tecnológicas oferecidas, principalmente a partir do século XVIII, proporcionaram maior velocidade ao processo de transformações da matéria-prima. Novas máquinas automatizadas, geralmente movidas pela tecnologia do motor a vapor, foram responsáveis por esse tipo de melhoria. No entanto, além de acelerar processos e reduzir custos, as máquinas também transformaram as relações de trabalho no meio fabril.

    Ricardo 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  24. Eu maria eliza gostei porque o texto e muito bom para a divisão do brasil!!!!!!!!

    Maria eliza 8 ANO 82.........03

    ResponderExcluir
  25. Ola professor eu gostei muito do texo porque e muito enteressante !!!!


    Karolina gonsalves 8 Ano 82.......03

    ResponderExcluir
  26. eu entendi que Apenas uma pequena indústria para consumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia. Eram, principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil.

    Alan 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  27. Eu gostei muito porque esse texto fala que a industrialização era uma pequena industrialização e fala sobre a divisão do brasil !!!

    Lourenço taguatinga 8ANO 82....03

    ResponderExcluir
  28. Eu gostei muito porque esse texto fala sobre a divisão do brasil e que a industrialização era uma pequena industrialização !!!

    Daiane 8ano 82 03

    ResponderExcluir
  29. Bom pra me a industrialização foi muito importante, por causa dela que temos a tecnologia e as grandes industrias etc. Que sempre facilita na vida do ser humano...

    Daniela Abigayl
    8ºano 02.03

    ResponderExcluir
  30. eu entendi que a industrialização do Brasil continuou a crescer, embora, em alguns momentos de crise econômica, ela tenha estagnado. Atualmente o Brasil possui uma boa base industrial, produzindo diversos produtos como, por exemplo, automóveis, máquinas, roupas, aviões, equipamentos, produtos alimentícios industrializados, eletrodomésticos, etc. Apesar disso, a indústria nacional ainda é dependente, em alguns setores, (informática, por exemplo) de tecnologia externa.

    Jefferson 8° ano ´´03``

    ResponderExcluir
  31. eu comprendi que começou a controlar os meios de produção da economia. O outro foi marcado pela Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, que operou uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais. leticia 8 ano 02

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Eu entendi que principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente
    ITALO SILVA 8ANO 8202

    ResponderExcluir
  34. Eu entendi que acúmulo de capitais – começou a controlar os meios de produção da economia. O outro foi marcado pela Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, que operou uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais.
    LEANDRO GALVÃO 8ANO 8202

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Eu entendi que Os trabalhadores passaram por um processo de especialização de sua mão-de-obra, assim só tinham responsabilidade e domínio sob uma única parte do processo industrial. Dessa maneira, o trabalhador não tinha mais ciência do valor da riqueza por ele produzida
    DIEGO AGUIAR 8ANO 8202

    ResponderExcluir
  37. bom eu entendi que a industrialização no brasil foi muito importante porque aconteceu várias amovaçoes como finaceiramente...tambem getúlio vargas operou uma mudança desisiva no plano da política interna....
    Dhaynna karollynne 82.02 :)

    ResponderExcluir
  38. eu entendi que a Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, operou em uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais. Getúlio Vargas adotou uma política industrializante, a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional. Essa mão-de-obra era formada no Rio de Janeiro e São Paulo em função do êxodo rural (decadência cafeeira) e movimentos migratórios de nordestinos. Vargas investiu forte na criação da infra-estrutura industrial: indústria de base e energia.
    Iasmini Claudiano de Oliveira 8ano02

    ResponderExcluir
  39. A industrialização no brasil pode ser dividida em 4 periodos principais: o primeiro periodo de 1500 a 1808, chamado de "proibição" o segundo periodo , de 1808 a 1930 chamado de "implantação" ,o terceiro periodo de 1930 a 1956, conhecido como fase da revolução industrial brasileira, e o quarto periodo, apos 1956, chamado de fase da internacionalização daa economia brasileira.
    Mayra Carmo Almeida Magalhães 8ano"2"

    ResponderExcluir
  40. Eu entendi que o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil
    Natiara Bispo Tavares 8 Ano"2"

    ResponderExcluir
  41. eu achei muito legal a industrializaçao brasileira porque ela dividida em 4 periodos... kayk hagdon 7 ano dois

    ResponderExcluir
  42. Eu entendi que "A Industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira.Também entendi que as máquinas ajudavam os donos das fábricas a ganhar mais dinheiro,mas em relação aos trabalhadores era péssimo pois aumentava a sua carga horária.

    IZADORA MARTINS PESSOA
    8ºano 03

    ResponderExcluir
  43. eu entendi que a industrializaçao no Brasil esta dividida em quatro periodos principais. primero periodo de 1500 a 1808 esse chamase de proibisao o segundo periodo de 1808 a 1930 este chamase de inplantaçao e por ultimo de 1930 a a 1956 e esse e a revoluçao isso foi oque eu entendi professor gabriel 7 ano 02

    ResponderExcluir
  44. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  45. Eu enteendi que a industriaalização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil. Apenas uma pequena indústria para consumo interno era permitida, devido às distâncias entre a metrópole e a colônia. Eram, principalmente, de fiação, calçados, vasilhames. Na segunda metade do século XVIII algumas indústrias começaram a crescer, como a do ferro e a têxtil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política.
    Emilly Silva Moreira
    8 ano 02 ..

    ResponderExcluir
  46. Eu entedi que o Primeiro periodo e chamado de proibicao, o segumdo de implatacao, o terceiro revolucao industrial brasileiro e o quarto e internacionalizacao da economia brasileira, assim o brasil foi evoluindo cada vez mais na industria.

    7°ano 02

    ResponderExcluir
  47. eu entendi que depois que enventou as maquinas a vapores etre outras a mão-de-obra dos trabalhadores reduzirão, os industrializantes so usavam os operários para controlar as maquinas.Na Revolução de 1930, com Getúlio Vargas, que operou uma mudança decisiva no plano da política interna, afastando do poder do estado oligarquias tradicionais que representavam os interesses agrários-comerciais. Getúlio Vargas adotou uma política industrializante, a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional. Essa mão-de-obra era formada no Rio de Janeiro e São Paulo em função do êxodo rural (decadência cafeeira) e movimentos migratórios de nordestinos. Vargas investiu forte na criação da infra-estrutura industrial: indústria de base e energia.


    aluno:Franklin serie:8° ano 02

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. Eu entendi que . Os trabalhadores passaram por um processo de especialização de sua mão-de-obra, assim só tinham responsabilidade e domínio sob uma única parte do processo industrial. Dessa maneira, o trabalhador não tinha mais ciência do valor da riqueza por ele produzida. Ele passou a receber um salário pelo qual era pago para exercer uma determinada função que, nem sempre, correspondia ao valor daquilo que ele era capaz de produzir.
    Estefani Martins 8° ano 02

    ResponderExcluir
  50. Professor eu gostei porque fala sobre os quatro periodos principais: 1° "proibiçao", 2° "implantaçao", 3° "fase da revoluçao industrial Brasileira" e 4° "fase da internacionalizaçao Brasileira"
    YASMIN LOPES REGINO 82.03

    ResponderExcluir
  51. a idustrialisaçao do brasil valorisava a mao de obra.Getulio vargas teve um papel muito importante que foi adotar uma politica industrialisante que foi a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional.ouve a queda de duas industrias que foi a do ferro e a textil. Isso em Portugal porque já faziam concorrência ao comércio da corte e poderiam tornar a colônia independente financeiramente, adquirindo a possibilidade da independência política. MARCOS GABRIEL 8° ANO 82 03

    ResponderExcluir
  52. A industrialização no Brasil esta dividida em 4 períodos: 1°Proibição; 2°Implantação; 3°conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o 4°chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Eu gostei muito desse texto.
    aluna: Vitória
    série:7°2

    ResponderExcluir
  53. a idustrialisaçao do brasil valorisava a mao de obra.Getulio vargas teve um papel muito importante que foi adotar uma politica industrialisante que foi a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional.
    Nedison francisco do santos 8º ano 82.03

    ResponderExcluir
  54. Eu entendi que A Industrialização no Brasil A industrialização no Brasil esta dividida em quatro períodos principais , entre outras coisas , o principal produto de nossa economia era o café ou ' ouro verde ' .


    Flávia Gabriely . 8ºano 82.02

    ResponderExcluir
  55. período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Nesta época se fazia restrição ao desenvolvimento de atividades industriais no Brasil
    Geovanna Doro 7ano2

    ResponderExcluir
  56. A industrialização no Brasil esta dividida em 4 períodos: 1°Proibição; 2°Implantação; 3°conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o 4°chamado de fase da internacionalização da economia brasileira. Eu gostei muito desse texto.

    ResponderExcluir
  57. eu entendi que a industrialização no Brasil foi dividida em quatro períodos principais: o primeiro período, de 1500 a 1808, chamado de "Proibição"; o segundo período, de 1808 a 1930, chamado de "Implantação"; o terceiro período, de 1930 a 1956, conhecido como fase da Revolução Industrial Brasileira e o quarto período, após 1956, chamado de fase da internacionalização da economia brasileira.


    Aluno: Thiago Série: 8°ano "02"

    ResponderExcluir
  58. Eu entendi que Getúlio Vargas adotou uma política industrializante, a substituição de mão-de-obra imigrante pela nacional. Essa mão-de-obra era formada no Rio de Janeiro e São Paulo em função do êxodo rural (decadência cafeeira) e movimentos migratórios de nordestinos. Vargas investiu forte na criação da infra-estrutura industrial: indústria de base e energia.

    Aluno: Heber Samuel Série: 8°ano "02"

    ResponderExcluir